Homem flagra mulher e cunhado na cama e os esfaqueia até a morte em Araxá


Homem flagra mulher e cunhado na cama e os esfaqueia até a morte em Araxá

Um homem, de 53 anos, se apresentou à delegacia de Polícia Civil de Araxá, no Triângulo Mineiro, na madrugada deste domingo (23), depois de confessar ter esfaqueado até a morte a mulher, de 47 anos, e o cunhado, de 30, ao flagrá-los juntos na cama. Depois de detalhar a ação à Polícia Militar, que assumiu a ocorrência, o homem foi preso.


De acordo com informações da PM, que foi até o local do crime acompanhado do autor, as mortes ocorreram por volta da 1h deste domingo. Ao chegar lá, os militares encontraram  Francinaldo da Silva Sales e Maria do Socorro Souza já sem sinais vitais.


O Corpo de Bombeiros foi até à casa e atestou as mortes das vítimas. A perícia também foi acionada para o local e constatou que Maria morreu após ter sido acertada com uma facada na região esquerda do tronco, e que Francinaldo veio a óbito com uma perfuração no tórax.


O crime


O autor dos assassinatos contou à PM que fez uso de bebida alcóolica com o cunhado na manhã de sábado (22) na casa do parente e que prometeu a ele que voltaria mais tarde para continuar a beber. Ao retornar à residência, no início da madrugada de domingo, o autor flagrou a mulher dormindo com o cunhado.


Então, em “em um momento de desespero”, conforme contou à PM, pegou uma faca na cozinha e desferiu os golpes contra o cunhado e a mulher. Em seguida, pegou um táxi e se dirigiu à delegacia para confessar o crime.


Tio e vizinho de Francinaldo falou à PM que o sobrinho foi à casa dele para pedir socorro e que voltou  para a própria residência em seguida. O parente, por sua vez, acionou os bombeiros, mas, ao chegar na casa do sobrinho, já o encontrou morto na cozinha. A mulher foi achada  na cama.


De acordo com o boletim de ocorrência, uma testemunha lavou a faca utilizada para o autor para cometer o crime e alegou que não sabia que o artefato teria sido usada nos assassinatos. Ainda segundo a PM, o cunhado do autor é casado com a irmã dele


* imagem ilustrativa