Homem é preso com revólver após ameaçar mulher em Januária: 'Colocou a arma na cabeça dela', diz PM


Homem é preso com revólver após ameaçar mulher em Januária: 'Colocou a arma na cabeça dela', diz PM

Um homem de 40 anos foi preso em Itacarambi (MG) com uma arma após ameaçar a companheira de morte. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar nesta terça-feira (11). “Os dois são amasiados e estavam brigados.


A mulher foi para a casa de uma amiga em Januária e ele foi atrás para tentar uma reconciliação. Eles discutiram, ele colocou a arma na cabeça dela e falou que a mataria caso não reatassem o relacionamento”, explica o tenente Marcos Antônio Cardoso Souza.


Segundo a PM, os vizinhos viram a cena e o homem fugiu com medo de que a polícia pudesse ser acionada. “Nós montamos um cerco e o abordamos na entrada de Itacarambi. Ele estava de moto e portava uma arma”, fala o tenente. Ao ser questionado, o homem contou que foi para Januária para tentar reatar o relacionamento, mas negou que tivesse feito ameaças. Apesar disso, não apresentou justificativas para estar armado. “Após a verificação, foi observado pela PM que das três munições que estavam na arma, duas estavam percutidas demonstrando que o autor tentou acioná-las, mas não conseguiu porque a apresentaram defeito. Não temos provas de que isso ocorreu nesse fato ou em alguma situação anterior, mas essa situação ficou comprovada”, destaca o policial.


A mulher contou que já foi ameaça e agredida anteriormente. “Sabemos que muitas mulheres dependem financeiramente ou emocionalmente do parceiro, acreditam também na promessa de mudança após a reconciliação. Ficamos sensibilizados, pois sabemos que muitas dessas situações podem acabar em tragédia ”, finaliza o tenente.


O homem foi levado para a delegacia de Januária. De acordo com a PM, ele responde por um homicídio ocorrido em 2014 em Janaúba. Denúncias de violência doméstica podem ser feita à polícia pelos números 190 ou 181.