Heineken anuncia fábrica em Pedro Leopoldo e pode gerar cerca de 350 empregos diretos


Heineken anuncia fábrica em Pedro Leopoldo e pode gerar cerca de 350 empregos diretos

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou em sua conta oficial do Twitter, que a cervejaria holandesa Heineken vai abrir uma fábrica em Minas Gerais. O grupo cervejeiro investirá R$ 1,8 bilhão em uma planta industrial na cidade de Pedro Leopoldo, região metropolitana de Belo Horizonte. 


"A chegada de uma gigante como a Heineken em Pedro Leopoldo é uma ótima notícia para Minas Gerais. Serão mais investimentos e empregos para os mineiros, algo que nosso governo tem se esforçado muito para tornar possível. Confio que será apenas o início de uma longa e produtiva parceria", disse Zema, em nota. 


A unidade será focada em produção de produtos “premium”. De acordo com a fabricante, a nova sede deve gerar cerca de 350 empregos diretos. A cervejaria manifestou intenção de construir uma nova fábrica em Minas Gerais, depois de se reunir com representantes da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais e da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (INDI). 


Essa será 16ª fabrica do grupo no Brasil. “A localização é estratégica para a companhia, uma vez que a região Sudeste é extremamente importante para o crescimento das categorias premium e mainstream. O Grupo Heineken acredita no Brasil e segue investindo para garantir que seus produtos cheguem a todos os consumidores e clientes em todo o país”, explicou Maurício Giamellaro, presidente do Grupo Heineken no Brasil. 


A Heineken chegou ao Brasil em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin. O grupo gera mais de 13 mil empregos.