Haddad Acusa Zema de Aumentar Dívida de Minas e Promete Solução

Haddad Acusa Zema de Aumentar Dívida de Minas e Promete Solução

O Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, lançou nesta quinta-feira duras críticas ao governador de Minas Gerais, Romeu Zema, em relação ao aumento da dívida do estado. Haddad alega que Zema é responsável por um terço do aumento da dívida bilionária de Minas e questiona sua postura em relação ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.


Haddad, que se reuniu na manhã desta quinta feira com o presidente do senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que, em vez de unir forças para encontrar uma solução para a dívida do estado, Zema está prejudicando Minas Gerais com politicagem barata. Ele ressaltou que o presidente Lula está empenhado em resolver essa dívida bilionária, demonstrando preocupação com os cidadãos mineiros.


O Ministro da Fazenda ainda prometeu que nos próximos dias apresentará uma proposta séria e factível como alternativa ao arrocho proposto pelo regime de recuperação fiscal.


Por outro lado, Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou que está trabalhando em uma solução para a dívida de Minas Gerais que deverá contar com o apoio do Congresso Nacional. Ele pretende que essa solução sirva de base para outros estados endividados da federação. Paralelo a discussão no plano federal, o Regime de Recuperação Fiscal continua tramitando na Assembleia de Minas e deputados de oposição acusam o governo do Estado de promover um verdadeiro "balcão de negócios" para cooptar deputados a votar a favor do projeto

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados