Governo publica portaria que reajusta benefícios do INSS acima do salário mínimo

Governo publica portaria que reajusta benefícios do INSS acima do salário mínimo

Nesta sexta-feira (12), a portaria que reajusta em 3,71% os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) acima de um salário mínimo foi publicada no Diário Oficial da União. O reajuste, que segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, resulta em um acréscimo de R$ 278,52 no teto do INSS, elevando-o de R$ 7.507,49 para R$ 7.786,01 em 2024.


Além do impacto nos benefícios, o INPC também influencia o reajuste nas contribuições para a Previdência Social, que aumentam de acordo com o salário do trabalhador ativo. Benefícios vinculados ao salário mínimo terão um aumento de 8,4%, passando de R$ 1.320 para R$ 1.412, seguindo a política de correção que combina a inflação do INPC do ano anterior com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.


O decreto com o valor do salário mínimo, que afeta a maioria dos benefícios da Previdência Social, foi assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final de dezembro. O INSS iniciará os pagamentos dos benefícios de janeiro no final do mês, sendo entre 25 de janeiro e 7 de fevereiro para quem recebe um salário mínimo e entre 1º e 7 de fevereiro para aqueles que recebem acima do mínimo.

Siga o Instagram do Portal Minas Seguir