Gabinete Militar do Governador tem novo comandante

Gabinete Militar do Governador tem novo comandante

O comando do Gabinete Militar do Governador (GMG) foi transferido em solenidade realizada, nesta terça-feira (31/1), no prédio Tiradentes, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. Assume a função o coronel Frederico Otoni, que também responderá pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).



No início da cerimônia, O governador Romeu Zema entregou o emoldurado da bandeira-insígnia ao coronel Osvaldo de Souza Marques, que ocupava o cargo desde 2020, além da medalha de Mérito Militar, pelos seus 30 anos de trabalho na ativa.


O governador lembrou os trabalhos desempenhados juntos em prol da população, ao parabenizar o comandante dos órgãos ao longo dos últimos anos. “Pude estar junto ao coronel Osvaldo em dezenas de cidades, prestando apoio humanitário. E a Defesa Civil foi um grande aprendizado para mim”, complementou.


Durante sua despedida do cargo, coronel Osvaldo enumerou indicadores de sucesso, como os dados relativos aos anos de 2021 e 2022, com mais de 500 missões atendidas pelos veículos terrestres da Defesa Civil, que superaram números superiores a de 3 milhões de quilômetros percorridos no estado. Foram mencionadas, ainda, 307 missões de aeronaves para trabalhos como segurança pública e transporte de órgãos a serem transplantados, “cumprindo o ideário de a nossa aviação ser para o povo mineiro”, disse, citando também a captação de água para 75 municípios do agreste mineiro e no ano passado.


No balanço que fez de seu comando, coronel Osvaldo frisou, também, a doação de 497 kits da Defesa Civil para os municípios e a capacitação de 5.500 mineiros para serem desempenharem os primeiros trabalhos de Defesa Civil em seus respectivos municípios.


“E o mais importante é que quando aquele colete de Defesa Civil chegava aos municípios, era recebido por um abraço, que muitas vezes conforta o coração”, finalizou, desejando ainda um comando virtuoso e profícuo ao novo chefe do GMG.


Após assinar o livro de posse, o recém-empossado coronel Frederico Otoni parabenizou seu antecessor pela jornada à frente do GMG e da Cedec, e enfatizou seus objetivos no cargo. Um deles é trabalhar por maior integração com demais entes do Estado, além de instituições e organizações que possam auxiliar a obter “o uso cada vez mais adequado dos recursos humanos, logísticos e financeiros”.


"Comprometo-me a entregar o máximo da minha capacidade, intelectual e laborativa, para desempenhar nossa missão da melhor forma e focado para que Minas continue sendo o melhor estado do país para viver, trabalhar ou empreender”, conclui o novo comandante do Gabinete Militar e da Defesa Civil Estadual.


Currículo do Coronel Frederico Otoni


O novo chefe do GMG e coordenador da Cedec tem 46 anos, nasceu em Barbacena e é formado em Direito pela Faculdade de Direito de Varginha (Fadiva). Ele entrou para a Polícia Militar de Minas Gerais em 1995, graduando-se no Curso de Formação de Oficiais (CFO) em 1998.


O coronel Frederico Otoni teve grande destaque na Academia da Polícia Militar, onde se especializou no Curso de Especialização em Segurança Pública (Cesp), em 2012, e no Curso de Especialização em Gestão Estratégica em Segurança Pública (Cegesp), em 2018.


Ocupou o cargo de comandante do Pelotão de Choque no 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM), onde também comandou a 207ª Companhia Tático Móvel. Atuou como coordenador do CFO, entre 2008 e 2010, comandou a 2ª Companhia do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) e depois retornou para a Academia de Polícia Militar, onde novamente foi coordenador do CFO. Teve passagens pela direção e administração do Centro de Formação de Soldados e do Centro de Educação Física.


Em 2016, assumiu como subcomandante do 41º BPM e, nos anos de 2018 e 2019, comandou o 5º BPM. No 16º BPM, esteve à frente do comando da Escola de Formação de Oficiais em 2019 e 2020.


O posto de coronel foi alcançado em 2022, ano em que assumiu a 5ª Região da Polícia Militar (5ª RPM), com sede em Uberaba, e foi responsável pelo policiamento de 30 cidades das regiões do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba.


* com informações da Agência Minas