Fuga espetacular de criminoso especialista em explosões de caixas eletrônicos mobiliza forças de segurança do Vale do Aço

Fuga espetacular de criminoso especialista em explosões de caixas eletrônicos mobiliza forças de segurança do Vale do Aço

Em um desenvolvimento surpreendente, Fillipe Moreira Quirino, conhecido como Filipim Branco, fugiu da Penitenciária de Formiga, no oeste de Minas Gerais. Aos 32 anos, natural de Caratinga, Filipim é notório por sua participação em diversas ações criminosas, especialmente a explosão de caixas eletrônicos no Vale do Aço e regiões adjacentes.


A fuga ocorreu na manhã desta quarta-feira, enquanto Filipim aguardava atendimento jurídico. Ele conseguiu escapar correndo, passando por um basculante e superando barreiras até alcançar a parte externa da unidade prisional. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) confirmou o incidente e destacou que forças policiais estão mobilizadas na tentativa de recapturar o fugitivo.


Filipim Branco já tem um histórico de fugas. Em dezembro de 2017, ele escapou da penitenciária de Contagem, após ser preso em maio do mesmo ano. Sua prisão ocorreu após um confronto com a polícia na BR-381, em Naque, onde foi atingido por tiros de fuzil mas sobreviveu. A perseguição teve início em Governador Valadares, após um roubo de carro.


Após a fuga de 2017, Filipim foi recapturado um ano depois, em uma tentativa frustrada de explodir caixas eletrônicos em Dores do Turvo, na Zona da Mata mineira. Além dele, mais quatro pessoas foram presas e um arsenal foi apreendido.


A Sejusp solicita que a população colabore com as buscas, fazendo denúncias anônimas pelo Disque Denúncia 181. A ligação é gratuita e o sigilo é assegurado. Enquanto isso, procedimentos internos são realizados para apurar as circunstâncias da fuga.

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados