Família faz campanha para arrecadar dinheiro para tratar doença de criança, em Paraopeba

Família faz campanha para arrecadar dinheiro para tratar doença de criança, em Paraopeba

“Ele sempre foi um menino alegre, brincalhão. Agora ele já está abatido, mudou. Se eu não conseguir cuidar dele, posso perdê-lo”. É com tristeza, mas sem perder a esperança, que a babá Lilian dos Santos Ramos, 34, conta da queda na qualidade de vida do filho, Luiz Phillipi, 7, com o passar do tempo.


Diagnosticado com púrpura trombocitopênica imune, aos 2 anos, ele já fez várias tentativas de tratamento, sem sucesso, e precisa usar de forma contínua um remédio que custa à família R$ 10 mil por mês. Ainda lutando na Justiça para conseguir o medicamento, Lilian pede ajuda.


“Em dezembro, só conseguimos comprar para ele remédio para a metade do mês. Pegamos dinheiro emprestado. Mas não conseguimos comprar mais. Ele vem piorando muito com o passar dos anos. Esse remédio é nossa esperança”, explica a mãe do menino, que mora em Paraopeba, na região Central de Minas.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR

Em Destaque