Ex-prefeito de Bom Jesus do Galho é condenado por desvio de dinheiro

Ex-prefeito de Bom Jesus do Galho é condenado por desvio de dinheiro

William Batista de Calais, ex-prefeito de Bom Jesus do Galho, foi condenado a 5 anos e 5 meses de prisão em regime semiaberto por apropriação indébita de rendas públicas. A sentença foi proferida pelo Juiz de Direito Consuelo Silveira Neto, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Caratinga/MG.


As investigações apontam que, durante a "Festa do Jubileu" em setembro de 2017, Calais se apropriou de mais de R$ 20.000,00 das taxas pagas pelos "barraqueiros" do evento. Ao invés de depositar os valores nos cofres públicos, os fiscais entregavam o dinheiro em espécie ao ex-prefeito, que o utilizava para benefício próprio.


Além disso, as apurações revelaram que, após assumir o cargo, Calais tinha conhecimento do esquema de desvio de recursos e se beneficiou dele. O crime foi tipificado como apropriação de bens ou rendas públicas no artigo 1º, inciso I, do Decreto-Lei nº 201/67.


É importante destacar que o ex-prefeito já havia sido preso por ameaçar testemunhas no fórum da cidade e responde a outros crimes, conforme registros do TJMG.

Siga o Instagram do Portal Minas Seguir