EUA enviará insumos médicos à Índia para ajudar na luta contra Covid


EUA enviará insumos médicos à Índia para ajudar na luta contra Covid

Os Estados Unidos enviarão "imediatamente" para a Índia, que enfrenta uma onda de infecções pela Covid-19, material para fabricação de vacinas, além de terapias, testes, ventiladores e equipamentos de proteção, informou a Casa Branca neste domingo (25).


"Os Estados Unidos identificaram a origem de matéria-prima específica necessária para a fabricação na Índia de vacinas contra a Covid, que será fornecida imediatamente àquele país", indica o comunicado da Casa Branca.


Washington também "identificou suprimentos terapêuticos, kits de teste de diagnóstico rápido, ventiladores e equipamentos de proteção individual que serão disponibilizados imediatamente à Índia", disse a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Emily Horne.


Com 1,3 bilhão de habitantes, a Índia registrou quase 350.000 infecções e 2.767 mortes por covid-19 em 24 horas, para um total de 16.960.172 casos e 192.311 mortes. Na capital, Nova Delhi, os hospitais estão lotados, com falta de oxigênio e medicamentos.


Os Estados Unidos não mencionaram o envio de vacinas excedentes da AstraZeneca para a Índia, depois que o principal conselheiro dos EUA sobre a pandemia, Anthony Fauci, disse hoje que essa possibilidade seria considerada. Grã-Bretanha, França e Alemanha prometeram ajudar à medida que a crise do coronavírus na Índia crescesse.