Estudante de Timóteo conquista primeiro lugar em medicina na UFMG

Estudante de Timóteo conquista primeiro lugar em medicina na UFMG

Estudante Bruno Lucas Andrade (Foto: Bruno Granato/Arquivo pessoal)


Um estudante de Timóteo, no Leste de Minas, conquistou o primeiro lugar no vestibular para o curso de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Bruno Lucas Andrade, de 18 anos, obteve 857,64 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).


Bruno contou para a reportagem que o sonho de salvar vidas e construir uma carreira de sucesso é algo que ele carrega na sua essência, “Desde de criança sempre quis ser médico, Além de ser uma profissão nobre e que salva vidas, tem um grande reconhecimento na sociedade”.


Essa é a segunda vez que Bruno tenta emplacar um bom resultado na principal escola de medicina do estado. Em 2015, ainda no último ano do ensino médio, ele tentou a aprovação, mas não teve êxito. De acordo com ele, sua nota na redação não foi muito boa, e por isso ele resolveu estudar por mais um ano para conseguir seu maior sonho; ser médico. “Comecei a escrever de duas a quatro redações por semana, e o resultado foi positivo; nesse ano tirei 970”, disse.


Mesmo com o ótimo resultado, a primeira colocação surpreendeu o estudante “Assim que saiu a nota do ENEM tive consciência que existia a possibilidade de ser aprovado, mas fiquei surpreso com a primeira colocação". Ele ainda atribui o resultado ao foco no estudo e a orientação de bons professores.” Depois de não conseguir passar na primeira oportunidade comecei a fazer um cursinho, e lá meus professores me mostraram que eu podia ir além”.


Se para Bruno o resultado foi uma surpresa, para seu professor, Gustavo Ribas, o resultado já era esperado. ”O Bruno fez todos os simulados durante o ano e muitos exercícios extra aula. Além disso, escreveu 90 redações durante sua preparação para corrigir seu ponto fraco no Enem 2015", disse o professor.


Gustavo disse ainda que um aluno de alto desempenho apresenta algumas características fáceis de serem notadas pelos professores. "São discretos, são calmos, são focados e, principalmente, eles estudam, e estudam do jeito certo, ou seja, eles adotam exatamente as dicas dos professores e coordenação; não perdem tempo sofrendo com erros do passado e vão construindo sua nova cara, de serenidade, segurança, e assim, são aprovados em alto nível”, concluiu.


Vagas
Esse ano foram disponibilizadas 320 vagas para o curso de medicina, sendo 160 para o primeiro semestre e 160 para o segundo semestre. A UFMG não informou a concorrência de vagas para esse ano.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR

Em Destaque