Embaixador do Reino Unido em Washington renuncia depois de polêmica sobre vazamentos


Embaixador do Reino Unido em Washington renuncia depois de polêmica sobre vazamentos

LONDRES (Reuters) - O embaixador do Reino Unido em Washington, Kim Darroch, pediu demissão nesta quarta-feira depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o rotulou de "estúpido" e "maluco" após a divulgação de mensagens confidenciais nas quais o enviado britânico classificava o governo dos EUA de inepto.


As mensagens foram publicadas por um jornal dominical britânico, enfurecendo Trump, que lançou ataques pelo Twitter tanto contra o embaixador como contra a primeira-ministra britânica, Theresa May, que declarou apoio a seu enviado.


"Desde o vazamento de documentos oficiais desta Embaixada houve muita especulação em torno de minha posição e da duração do meu mandato como embaixador", escreveu Darroch em sua carta de renúncia.


"Eu quero pôr fim a essa especulação", acrescentou. "A situação atual está tornando impossível para mim desempenhar o meu papel como eu gostaria."


May disse ao Parlamento após a divulgação da renúncia do embaixador que tinha falado com Darroch e que ele deve deixar o posto até o final do ano.


"Eu disse a ele que é motivo de grande pesar que ele tenha sentido a necessidade de deixar seu cargo como embaixador em Washington", afirmou a premiê.


(Reportagem de Michael Holden)