Denúncia de tia levou polícia a prender pai suspeito de estuprar a própria filha em Elói Mendes-MG


Denúncia de tia levou polícia a prender pai suspeito de estuprar a própria filha em Elói Mendes-MG

A denúncia da tia de uma jovem de 18 anos levou a polícia a investigar e prender o pai dela por estupro e importunação sexual. A prisão do jardineiro de 49 anos aconteceu na quarta-feira (2), em Elói Mendes (MG). A polícia ainda deve investigar uma suposta gravidez após o estupro.


A tia saiu do Rio de Janeiro para passar alguns dias na cidade mineira e desconfiou quando soube que a sobrinha tinha saído de casa de forma repentina, para morar com os pais do noivo, na zona rural. Descobriu o estupro ao apurar a história e confrontar o homem. “Eu quis fazer essa denúncia porque é o certo a se fazer. Assim que desconfiei, fui atrás, já investiguei. Eu estou muito aliviada com a prisão dele. O que eu fiz, não estou arrependida. E faria tudo de novo pela minha sobrinha”, explicou a tia, que teve a identidade mantida em sigilo.


Segundo a Polícia Civil, tudo foi relatado às autoridades policiais em agosto. ”Foi quando a tia veio do Rio de Janeiro, se inteirou do caso e decidiu que esse caso deveria ser reportado às autoridades para que fosse instaurada a investigação. E essa tia havia nos relatado que quando ela soube da boca da vítima que esses abusos sexuais estavam ocorrendo, ela montou uma reunião familiar para confrontar esse suspeito. E nesse momento ele admitiu que havia de fato praticado certos abusos contra a própria filha”, detalhou o delegado Jorge Bruno Barbosa da Silva.


O pai segue preso de forma preventiva no Presídio de Elói Mendes (MG). Se condenado pelos dois crimes, pode pegar até 15 anos de prisão.