De olho no governo de Minas, Kalil recebe a visita do ex-governador Pimentel e outros membros do PT


De olho no governo de Minas, Kalil recebe a visita do ex-governador Pimentel e outros membros do PT

O ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) compareceu à reunião entre Alexandre Kalil (PSD), atual prefeito de BH, Fernando Haddad (PT), candidato derrotado à Presidência da República em 2018, e outros membros do PT na tarde desta quinta-feira (25/02), em BH. Desde que perdeu a disputa estadual de 2018 e não se reelegeu como governador mineiro, Pimentel havia evitado aparecer em público, até esta reunião.


Além de Pimentel e Haddad, estiveram presentes: Gleisi Hoffmann (PT-PR), deputada federal e presidente nacional do partido; Cristiano Silveira (PT), deputado estadual mineiro e presidente estadual da legenda; Reginaldo Lopes (PT-MG), deputado federal; Virgílio Guimarães (PT), deputado estadual mineiro; e Luiz Dulci (PT), secretário-geral da Presidência da República entre 2003 e 2011.


A presença de Pimentel no encontro sinaliza um possível apoio do PT ao projeto de eleição do prefeito Alexandre Kalil ao governo do Estado. Isso se daria em troca do apoio do atual prefeito e de seu partido (PSD) a uma eventual candidatura de Fernando Hadad à presidencia da república.


Pimentel foi o primeiro petista a chegar na reunião e, ao fim do encontro, deixou a prefeitura sem participar da entrevista coletiva com os demais correligionários.


Uma possível candidatura de Alexandre Kalil ao governo do estado poderá unir PT e PSDB, considerados inimigos históricos em Minas, na mesma coligação majoritária em 2022.


Romeu Zema lidera com folga


Nesta semana foi divulgada a primeira pesquisa eleitoral, realizada pelo instituto Paraná Pesquisas, com os possíveis nomes para a disputa ao governo mineiro. Nas quatro simulações apresentadas o atual governador de Minas Romeu Zema (NOVO) tem uma liderança folgada sobre todos os seus possíveis adversários, incluindo Alexandre Kalil. Em um dos cenários, há a indicação de uma vitória do atual governador ainda no 1º turno. CONFIRA AQUI OS DADOS DA PESQUISA