Dalai Lama pede desculpas após beijo na boca e pedido para 'chupar a língua' durante evento público na Índia

Dalai Lama pede desculpas após beijo na boca e pedido para 'chupar a língua' durante evento público na Índia

O líder espiritual do Tibete, Dalai Lama, gerou polêmica após ter sido flagrado em um vídeo beijando na boca um jovem estudante durante um evento público na Índia, no final de fevereiro. Na sequência, ele pediu ao rapaz para "chupar a língua". O vídeo viralizou nas redes sociais e causou indignação em muitos usuários.


De acordo com o jornal britânico The Guardian, Dalai Lama se reuniu com cerca de 100 jovens estudantes que acabavam de se formar na Fundação indiana M3M, no templo do Dalai Lama, em Dharamshala. Quando um dos jovens perguntou se poderia abraçá-lo, o líder espiritual pediu que ele subisse à plataforma e o beijou na boca, pedindo em seguida que "chupasse sua língua". O rapaz mostrou a língua e foi embora enquanto Dalai Lama ria.


O comportamento do líder espiritual foi considerado "inapropriado", "escandaloso" e "nojento" por muitos usuários que assistiram ao vídeo nas redes sociais. O gabinete do Dalai Lama divulgou uma declaração pedindo desculpas pelo incidente e afirmando que seu comportamento foi "inocente e brincalhão", algo que ele faz frequentemente em público e perante as câmeras.


"A sua santidade deseja pedir desculpas ao rapaz e à sua família, bem como aos seus muitos amigos em todo o mundo, pelo mal que as suas palavras podem ter causado. Ele lamenta o incidente", afirmou o gabinete do Dalai Lama em comunicado.

Siga o Instagram do Portal Minas Seguir