Cruzeiro entra em semana decisiva para definir o grupo


Cruzeiro entra em semana decisiva para definir o grupo

Sem tempo a perder e com uma infinidade de impasses para resolver, o Cruzeiro inicia uma semana decisiva, quando precisará tomar decisões importantes em relação ao grupo de jogadores e a temporada. Alguns atletas já deixaram a Toca da Raposa II e outros ainda seguem com o futuro em aberto


A expectativa maior é em relação ao goleiro Fábio. Jogador que mais vestiu a camisa estrelada, em 871 oportunidades, o ídolo cruzeirense já teve duas conversas com a diretoria na semana passada, quando apresentou uma contraproposta para ficar.


A oferta seria, na visão do diretor executivo Ocimar Bolicenho, justa pelo peso do jogador dentro da história do clube. A definição depende da aprovação do conselho gestor, que vem avaliando todas as questões relativas aos contratos.


“Vamos entrar em contato com os jogadores para definirmos a sequência do trabalho. Esta semana será importante para todos. Seria muito salutar resolver tudo para começar o Mineiro com um grupo definido”, observa Bolicenho


Em relação a Fred e Dedé, o dirigente diz que o futuro dos dois não foi definido. O atacante foi liberado para acertar com outro clube. No Rio de Janeiro, comenta-se que ele estaria negociando com o Fluminense, sua antiga casa. Já o zagueiro informou que não quer ficar porque não poderia reduzir o salário, devido a compromissos assumidos. O Vasco pode ser o destino dele;


“Ambos os casos são complicados, mas precisarão ser definidos”, pondera o diretor.


Além de precisar resolver a situação dos jogadores que estão na Toca, a Raposa trabalha para reforçar o time, que foi bastante modificado com a saída em grande número de atletas.  "Estamos trabalhando nisso (contratação) também", admite o dirigente


O Cruzeiro estreia no Campeonato Mineiro no próximo 22 de janeiro, contra o Boa, às 21h30, no Mineirão.