Cruzeiro cópia Galo e empata com time da Série D



Como último time mineiro a estrear na Copa do Brasil, o Cruzeiro tinha uma responsabilidade enorme. Em seu ano de reconstrução manter a tradição de maior campeão, não era nada fácil e se complicou ainda mais saindo atrás do placar. Aos 25 minutos o zagueiro Veracruz cutucou a bola para o fundo das redes depois de desvio de Belão na cobrança de falta Alex. Foi também de bola parada que Edu empatou o jogo após recuperar a bola de Vanílson, empate bom, garantia a vaga. Com a volta para o segundo tempo o bom se tornou melhor, quando Maurício tentou chutar e Alexandre Jesus usando o oportunismo da finalização errada, virou o jogo. Jogando em casa o São Raimundo, apoiado pela torcida foi atrás da reação e ela veio do banco de reservas. Stanley fez um golaço de voleio e botou fogo no jogo que viria ficar mais quente após a expulsão de Edu aos 32 minutos do segundo tempo. Com um jogador a mais o time de Roraima pressionou, tentou, mas não conseguiu furar a barreira celeste. Fim de jogo São Raimundo 2 x Cruzeiro 2. Na próxima fase a Raposa vai enfrentar o Boa Esporte. Ganhar vale mais que manter a tradição, vale milhões para reconstrução