Cometa pode ser visto a olho nu da Terra depois de mais de 20 anos


Cometa pode ser visto a olho nu da Terra depois de mais de 20 anos

O céu do hemisfério norte oferece um espetáculo incomum neste verão: o cometa "Neowise" pode ser visto a olho nu, um fenômeno que não ocorre há mais de 20 anos.


Descoberto no final de março pelo satélite Neowise da Nasa, o cometa tornou-se visível a olho nu em 3 de julho quando atingiu seu periélio, o ponto de sua órbita mais próximo do Sol, neste caso a 50 milhões de km, explicou nesta segunda-feira (13) à AFP Lucie Maquet, astrônoma do Observatório de Paris-PSL.


À medida em que se aproximam do Sol, o gelo dos cometas sublima em gases, criando um longo rastro que reflete a luz.


"É muito raro ver tão bem os cometas. O último que se viu a olho nu foi Hale-Bopp em 1997", disse a astrônoma.