Com novo quadrado ofensivo, Cruzeiro bate o Tupynambás por 3 a 0 no Mineirão


Com novo quadrado ofensivo, Cruzeiro bate o Tupynambás por 3 a 0 no Mineirão

A diferença técnica prevaleceu e o Cruzeiro venceu o Tupynambás, neste domingo, no Mineirão, pela sextarodada do Campeonato Mineiro. O resultado recolocou o time na vice-liderança do Estadual, com 14 pontos, levando desvantagem para o América no saldo de gols.

Os gols
Fred abriu o placar aos 14 min do primeiro tempo e Rodriguinho ampliou, aos 44 min. Na segunda etapa, Rafinha fez o terceiro, aos 14 min. 



Atuação do árbitro
O jogo não exibiu tanto do árbitro Gabriel Murta, que levou a partida com certa tranquilidade. No início do jogo, o Tupynambás pediu pênalti de Léo em Geovani, mas o árbitro Gabriel Murta nada marcou.


Destaques
Com um gol e uma assistência na partida, o meia Rodriguinho mostra que está se adaptando bem ao novo clube. Foi apenas o segundo jogo do meio-campista com a camisa celeste. Marquinhos Gabriel também fez boa partida, assim como os outros dois homens de frente: Rafinha, que fez o dele e deu uma assistência, e Fred, o matador.


Comportamento da torcida
Embora o jogo não tivesse grande apelo, o torcedor cruzeirense compareceu em número razoável no Mineirão. O público presente foi de pouco mais de 14 mil pessoas. A presença de torcedores do Baeta também foi considerável.


Curiosidade
O duelo marcou o primeiro jogo da história do Tupynambás no Mineirão. De volta à Primeira Divisão depois de 48 anos, a equipe de Juiz de Fora não chegou a atuar no velho Gigante. Sua última partida contra o Cruzeiro aconteceu em 1962, quando o Mineirão ainda não tinha sido construído. 


Próximo adversário
O Cruzeiro volta a ter uma semana livre de trabalhos. O próximo adversário é o clássico contra o América,domingo, às 17h, no Independência, em jogo que vale a liderança do Campeonato Mineiro.


As informações são do jornal O Tempo