Com gritos de 'Fora Prefeita' servidores municipais cobram recomposição salarial em Santana do Paraíso


Com gritos de 'Fora Prefeita' servidores municipais cobram recomposição salarial em Santana do Paraíso

Servidores cobram da administração a recomposição das perdas salariais que vem ocorrendo desde o início da gestão da atual prefeita  (imagem Alexandre Coutinho)


Centenas de servidores da prefeitura de Santana do Paraíso fizeram uma mobilização na tarde desta quarta-feira no pátio da prefeitura municipal. Com gritos de "servidor na rua, prefeita a culpa é sua", "fora Luzia" e "vem GAECO", os servidores cobram a recomposição salarial de cerca de 8% que vem sendo negada pela atual administração da prefeita Luzia, desde o início de seu mandato.


Segundo o presidente do sindicato dos servidores - SINDSESP, Ricardo Valverde, os servidores não estão reinvindicando aumento de salário, mas apenas a recomposição da perda salarial em decorrência da inflação no período. O presidente alega que existe margem legal para a concessão do reajuste de acordo com os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.



Ricardo afirmou ainda que o SINDSESP teve o cuidado de programar a mobilização para o horário de almoço, entre 12:00 e 13:00 horas, para não paralizar os serviços públicos e não prejudicar a população. Ele disse que aguarda um posicionamento da administração e não descarta novos atos caso a reivindicação não seja atendida.




"A recusa em conceder o reajuste é covardia", disse o presidente do Sindsesp Ricardo Valverde