Ciclone pode provocar chuva intensa de até 100 mm em Minas Gerais neste domingo


Ciclone pode provocar chuva intensa de até 100 mm em Minas Gerais neste domingo
A previsão da chegada de um ciclone eleva o risco de temporal em Minas entre este domingo e a segunda-feira (26). O meteorologista Claudemir de Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), diz que o fenômeno é comum nesta época do ano.

“Vamos ter um sistema de baixa pressão se intensificando, que é comum nessa época de primavera. É possível sim ter a intensificação de áreas de instabilidade, principalmente em virtude da convergência de umidade trazida pelos ventos que sopram da região Amazônica em direção ao Sudeste do país”, disse.


Com isso, segundo o meteorologista, pancadas de chuva devem ocorrer sobre o Sudeste brasileiro, atingindo Minas Gerais, principalmente.


Os especialistas do Climatempo indicam que, até esta segunda-feira (26), há previsão de nuvens carregadas com a ocorrência de tempestades. Além de provocar ventania de até 80 km/h, o ciclone deve causar grande volume de chuva, podendo chegar ao acumulado de 100 mm, o que aumenta o risco de alagamentos e inundações.


Previsão para Belo Horizonte


Em BH, o dia será de céu encoberto com pancadas de chuva fortes, trovoadas e rajadas de vento. A temperatura mínima foi de 16 °C e a máxima estimada é de 20 °C. A umidade relativa mínima do ar deve ficar em torno de 80% à tarde. 


Até às 8h deste domingo, todas as regionais de Belo Horizonte já acumulavam mais de 70 milímetros de chuvas. As regiões Leste e Nordeste registraram o maior volume de água, com 96,8 mm em todo o mês. A média climatológica de outubro é de 104,7 mm.


Veja o acumulado de chuva:


Nas últimas 24 horas:


Barreiro: 25,2
Centro Sul: 25,4
Leste: 25,6
Nordeste: 22,0
Noroeste: 21,4
Norte: 17,6
Oeste: 21,2
Pampulha: 21,6
Venda Nova: 20,6


Em outubro:


Barreiro: 74,6 (71%)
Centro Sul: 82,0 (78%)
Leste: 96,8 (93%)
Nordeste: 96,8 (93%)
Noroeste: 91,0 (87%)
Norte: 90,2 (86%)
Oeste: 83,4 (80%)
Pampulha: 90,0 (86%)
Venda Nova: 78,8 (75%)