Boris fala sobre decreto de armas: “Gostem ou não, é consequência direta do referendo de 2005"


Boris fala sobre decreto de armas: “Gostem ou não, é consequência direta do referendo de 2005

A publicação Boris fala sobre decreto de armas: “Gostem ou não, é consequência direta do referendo de 2005" está disponível na versão em vídeo. Para assistir basta clicar no botão abaixo para abrir o vídeo no player do Portal Minas ou copie e cole a URL https://www.youtube.com/watch?v=5r-glZO2jmg no seu navegador para ver diretamente no Youtube.

Youtube Video ID 5r-glZO2jmg

O âncora do RedeTV News, Boris Casoy, comentou o pedido da Justiça para suspender o decreto das armas. "Essa flexibilização do uso de armas, boa ou não, gostem ou não, é consequência direta do referendo de 2005, quando a população decidiu pela não proibição da venda de armas no Brasil. Criar um excesso de barreiras a essa liberação equivale a não cumprir a decisão do referendo”, disse. #RedeTVNews