Boris Casoy sobre Brumadinho: “Quase um ano e ninguém foi punido”

Boris Casoy sobre Brumadinho: “Quase um ano e ninguém foi punido”
A Polícia Civil de Minas Gerais identificou neste sábado (28) mais duas vítimas resgatadas da lama da Vale em Brumadinho: o motorista de caminhão pipa João Tomaz de Oliveira, de 46 anos, e o mestre de obras Noel Borges de Oliveira, de 50 anos. Os dois eram terceirizados da Vale e estavam trabalhando quando a barragem rompeu. Com a confirmação, subiu para 259 os mortos na tragédia provocada pelo rompimento da barragem da Mina do Feijão. Os bombeiros continuam nas buscas por 11 pessoas que ainda estão desaparecidas. No dia 25, a tragédia de Brumadinho completou 11 meses e, até o momento, ninguém foi responsabilizado.

"Ninguém foi responsabilizado. Quase um ano e ninguém, ninguém, foi preso. Isso é uma vergonha", disse Boris Casoy no RedeTV News deste sábado (28).

Assista ao Vídeo

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados