Boris Casoy comenta indicação de reverenda: “Não existe fato concreto contra Jane"



Gostou do vídeo? Colabore se inscrevendo para ajudar a fortalecer o nosso canal


Boris Casoy comentou a escolha da reverenda Jane Silva para o cargo de adjunta da Cultura. “Hoje tiveram várias manifestações contrárias a nomeação de reverenda. Não existe fato concreto contra Jane. As críticas, vindas de artistas e intelectuais não são técnicas nem éticas, mas sim, pelo simples fato de Jane ser uma religiosa, o que demonstra um enorme preconceito de grupos que batem no peito falando em democracia”, disse.