Bolsonaro fica em silêncio em depoimento à PF sobre suposta tentativa de golpe

Bolsonaro fica em silêncio em depoimento à PF sobre suposta tentativa de golpe

O ex-presidente Jair Bolsonaro permaneceu em silêncio durante seu depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira, no âmbito das investigações sobre suspeitas de uma organização criminosa tramando um golpe de Estado em 2022. A investigação inclui outras 22 pessoas, e os depoimentos ocorrem simultaneamente, em salas separadas, para evitar que os investigados coordenem versões.


Bolsonaro, que chegou à PF no início da tarde, ficou apenas alguns minutos no local e manteve a estratégia de silêncio, conforme antecipado por sua defesa. Os advogados afirmaram qque o silêncio é baseado na falta de acesso a elementos cruciais da investigação.


O ex-presidente já havia comunicado que só deporia se seus advogados tivessem acesso completo ao processo. O ministro Alexandre de Moraes, relator do caso no STF, respondeu que a defesa já possui acesso ao material, com exceção do que não pode ser liberado por estar sob investigação.


A defesa de Bolsonaro justificou o silêncio, alegando a falta de acesso a elementos essenciais da investigação, incluindo declarações e mídias digitais mantidas sob sigilo.


A Operação Tempus Veritatis, que resultou em mandados de prisão temporária e busca e apreensão, investiga uma suposta tentativa de golpe para reverter o resultado eleitoral de 2022.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR