Bolsonaro e aliados convocam ato na Paulista contra Moraes e em reação à morte de Cleriston

Bolsonaro e aliados convocam ato na Paulista contra Moraes e em reação à morte de Cleriston

Deputados federais, senadores e o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) gravaram um vídeo convocando apoiadores para um ato na Avenida Paulista, em São Paulo, marcado para o próximo domingo (26). O evento tem como foco a defesa do "Estado Democrático de Direito", os "direitos humanos" e a memória de Cleriston da Cunha, envolvido nos atos de 8 de janeiro e que faleceu após um mal súbito na penitenciária da Papuda, em Brasília.


O vídeo, divulgado nesta quinta-feira (23), enfatiza o caráter pacífico da manifestação e a defesa do "Estado Democrático de Direito". Parlamentares presentes no vídeo também expressam apoio ao pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, a quem atribuem responsabilidade pela morte de Cleriston, por não ter analisado o pedido de liberdade provisória antes de seu falecimento.


Jair Bolsonaro, em sua participação no vídeo, expressa apoio à manifestação com a frase: “Eu apoio”. Além dele, figuras como o pastor Silas Malafaia e parlamentares bolsonaristas, incluindo o senador Magno Malta (PL-ES) e os deputados federais Nikolas Ferreira (PL-MG), Gustavo Gayer (PL-GO) e André Fernandes (PL-CE), aparecem no vídeo.


Gustavo Gayer destaca a importância da reação do público: “A forma como nós reagirmos, agora, será determinante para resgatarmos a democracia, o nosso Estado Democrático de Direito, a liberdade dos nossos filhos”.


A manifestação está programada para começar às 14h de domingo (26) na Avenida Paulista.

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados