Bolsonaro critica Lula como figura 'senil e ultrapassada' e denuncia perseguição política

Bolsonaro critica Lula como figura 'senil e ultrapassada' e denuncia perseguição política

Em uma recente entrevista à revista Veja, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) lançou críticas contundentes contra o atual chefe do Executivo, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), descrevendo-o como uma "figura senil e ultrapassada" que governa o país "baseado em rancores pessoais". Bolsonaro também afirmou que Lula é uma pessoa "com um passado triste que continua a amplificar coisas que não deram certo" durante seus governos anteriores.


"Ele está governando baseado em rancores pessoais. É uma figura senil e ultrapassada. Até agora, sua preocupação tem sido afirmar que ele herdou um país destruído. Se ficarmos apenas em silêncio, ele faz a nossa campanha para o futuro", declarou Bolsonaro durante a entrevista publicada na sexta-feira (19). Embora não mencionando o nome do presidente atual diretamente, suas declarações foram claramente direcionadas a Lula.


Além disso, Bolsonaro revelou que, mesmo antes de deixar a Presidência, já havia sido alertado sobre a possibilidade de ser preso. Ele alegou ser alvo de perseguição política com a intenção de rotulá-lo como um "ex-presidiário".


"Para ter qualquer motivo que justificasse minha prisão, eu precisaria ter feito pelo menos 10% do que ele [Lula] fez. E eu fiz 0%. Algumas figuras importantes, não vou mencionar seus nomes, já estavam dizendo antes do término do meu mandato que queriam me prender. Uma prisão branda, apenas para me rotular como ex-presidiário", afirmou Bolsonaro.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR

Em Destaque