Assembléia aprova decisão de Romeu Zema que remunera secretários em até R$ 35 mil


Assembléia aprova decisão de Romeu Zema que remunera secretários em até R$ 35 mil

A Assembleia Legislativa (ALMG) autorizou na manhã desta quinta-feira que os secretários de estado recebam jetons – dinheiro por participação em conselhos de estatais – que, junto ao salário de R$ 10 mil, somem até R$ 35,4 mil mensais. Inicialmente, a Casa vetou os jetons, mas o governador Romeu Zema (Novo) discordou, pediu que os parlamentares revissem o posicionamento e conseguiu a aprovação por 33 votos a 14.


Na campanha eleitoral, o governador disse ser contra os pagamentos, mas em maio afirmou que repensou a promessa. Ele argumentou que, ao constatar a realidade do estado, reviu o conceito e atesta a utilidade de ter membros do Executivo no conselho fiscal como forma de assegurar a avaliação das empresas à luz dos objetivos do estado. Ele também disse que vê a necessidade de uma remuneração compatível para os secretários, tendo em vista o nível de responsabilidade das funções.