Assassino do jogador Daniel terá que pagar pensão alimentícia para filha do atleta



A justiça determinou que o assassino confesso do jogador Daniel pague pensão alimentícia para a filha do atleta. A quantia de R$ 5 mil por mês foi estabelecida pela juíza do caso e deverá ser paga pelo empresário Edison Brittes, que confessou ter matado o jogador Daniel Corrêa Freitas, em outubro do ano passado. A criança tem atualmente pouco mais de dois anos e essa pensão deverá ser paga até ela completar 25 anos. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com

#FalaBrasil #