Assassino da enfermeira Priscila disse que vai recorrer da pena que o condenou a mais de 30 anos de prisão


Assassino da enfermeira Priscila disse que vai recorrer da pena que o condenou a mais de 30 anos de prisão

O criminoso conhecido como "Pau Véio", condenado por roubar e assassinar a enfermeira Priscila Cardoso em Santana do Paraíso já orientou a sua defesa a recorrer da decisão que o condenou a mais de 30 anos de prisão.


O julgamento do caso aconteceu na última quarta-feira (17) na cidade de Caratinga e a defesa deve apresentar nos próximos dias um recurso pedindo a dimunição da pena base aplicada.



Reginaldo Ferreira, também conhecido como “Pau Veio”, é natural de Caratinga e tem 50 anos. Desde que atingiu maior idade, tem acumulado delidos em diferentes cidades. Chegou a cumprir pena em regime fechado por homicídio.


Tanto tempo no mundo do crime faz com que muitos indivíduos com esse perfil se tornem especialistas nas principais leis do código penal, segundo o delegado que apurou o caso na ocasião.