Anvisa simplifica regras para importação de medicamentos à base de canabidiol



Agência Nacional de Vigilância Sanitária simplificou a importação de produtos derivados de Canabidiol para pessoas físicas.

A resolução foi aprovada, por unanimidade, na primeira reunião da diretora colegiada da Anvisa neste ano. O gerente geral de portos, aeroportos e fronteiras da agência deixou claro que a decisão de hoje não se relaciona com a regulamentação aprovada em dezembro, que autorizou a venda e a importação de produtos a base de maconha para uso medicinal, mas rejeitou a possibilidade do plantio de maconha.

O relator da proposta foi o diretor-presidente substituto da Anvisa, Antonio Barra. No voto, ele ressaltou que, desde 2015, o número de pedidos de importação de produtos à base de canabidiol aumentou aproximadamente 700%