América não segura pressão do Ceará e sofre empate nos minutos finais em pênalti polêmico

América não segura pressão do Ceará e sofre empate nos minutos finais em pênalti polêmico

Após derrotas fora de casa para Flamengo e Vasco, o América deixou escapar nos acréscimos a primeira vitória como visitante no Campeonato Brasileiro. O time alviverde vencia o Ceará até os 47 minutos do segundo tempo, na Arena Castelão, em Fortaleza, mas o Vozão buscou o empate por 2 a 2 após cobrança de pênalti polêmico cometido pelo zagueiro Messias.


No lance, o árbitro goiano Eduardo Tomaz de Aquino Valadão entendeu que o zagueiro americano derrubou Arthur dentro da área. Os jogadores do América alegaram que Messias sequer encostou no jogador do Ceará, mas o juiz não quis ouvir as reclamações e o Vozão chegou ao empate na cobrança da penalidade.


Com o resultado, o América, que pularia para o quarto lugar com a vitória, caiu para a décima posição, com sete pontos. Já o Ceará segue sem vencer na Série A e está zona de rebaixamento, com apenas três pontos na 19ª colocação.


O Coelho abriu o placar logo aos dois minutos de jogo. Luan recebeu de Aylon na linha de fundo e cruzou baixo. Esperto, o lateral-esquerdo Giovanni agachou para desviar para as redes de peixinho. 


Aos 29 minutos, o time alviverde ampliou o marcador de novo com Giovanni. Após cruzamento errado da esquerda, a bola sobrou para Marquinhos na direita. O atacante levantou de novo para a área e encontrou o lateral, livre de marcação, que só teve trabalho de completar para o gol com a perna esquerda.


O Ceará diminuiu aos 37 da etapa inicial. Pio cobrou escanteio e Élton desviou de cabeça no cantinho de João Ricardo. No lance, um jogador do time alvinegro, que estava em impedimento, ficou rente à trave observando a bola entrar, mas não tocou nela. O árbitro confirmou o gol, mas o auxiliar Leone Carvalho Rocha não correu para o meio-campo. Após conversa, a arbitragem decidiu validar o tento dos cearenses.


Na etapa final, o América caiu de rendimento e aceitou a pressão do Ceará, que criou muitas chances, parou em grandes defesas do goleiro João Ricardo, mas conseguiu o empate nos acréscimos em um lance polêmico. O árbitro entendeu que Messias derrubou Arthur na grande área e marcou pênalti. Pio converteu a cobrança e tirou do Coelho a primeira vitória fora de casa.


Na próxima rodada, o América enfrenta o Botafogo, domingo, às 16h, no Independência. Também no domingo, mas às 11h, o Ceará visita o Vitória, no Barradão.


Ceará 2 x 2 América


Ceará: Éverson; Pio, Valdo, Luiz Otávio e Rafael Carioca; Richardson, Juninho (Arthur), Wescley (Juninho Piauiense), Ricardinho e Felipe Azevedo (Eder Luís); Elton. Técnico: Marcelo Chamusca


América: João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Giovanni; Leandro Donizete, Juninho, Serginho, Luan (Gerson Magrão) e Marquinhos (Renan Oliveira); Aylon (Wesley). Técnico: Enderson Moreira


Motivo: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 14 de maio de 2018, segunda-feira, às 20h
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)


Gols: Giovanni (2'/1º, 29'/1º), Elton (37'/1º), Pio (47'/2º - pênalti)


Cartão Amarelo: Luan, Aderlan (América)


Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Adicionais: Breno Veira Souza (GO) e Elmo Alves Resende Cunha (GO)


Público: 13.898 pagantes
Renda: R$ 84.285,00