Alexandre de Moraes nega pedido do PL para anular votos e aplica multa de R$ 22 milhões ao partido

Alexandre de Moraes nega pedido do PL para anular votos e aplica multa de R$ 22 milhões ao partido

O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proferiu decisão na noite desta quarta-feira (23) indeferindo o pedido do Partido Liberal (PL), do presidente Jair Bolsonaro, e de sua Coligação, para que votos de 250 mil urnas utilizadas no segundo turno fossem anuladas.


Na decisão, Moraes afirma que os argumentos sobre as urnas são "absolutamente falsos" e que a sigla agiu de má-fé ao levantar tais alegações.


Multa e suspensão do fundo partidário


Diante disso, o ministro condenou todos os partidos da Coligação de Bolsonaro por agirem com litigância de má-fé e aplicou uma multa no valor de R$ 22,9 milhões.


Share Whatsapp


2022-11-23 11:58 pm Brasil 2485 0 0