Acusado de matar mulher enforcada e abandonar corpo em terreno é condenado a 14 anos de prisão em Pouso Alegre, MG

Acusado de matar mulher enforcada e abandonar corpo em terreno é condenado a 14 anos de prisão em Pouso Alegre, MG

O homem acusado de matar Lucimara Andrade, uma mulher de 45 anos, enforcada e abandonar seu corpo em um terreno baldio no bairro Serra Morena, em Pouso Alegre (MG), foi condenado a 14 anos de prisão. A sentença foi proferida após um júri popular realizado nesta segunda-feira (4).


O corpo de Lucimara Andrade foi descoberto em um terreno baldio no dia 1º de maio de 2022. O veredito do júri reflete a gravidade do crime e busca promover a justiça diante do trágico acontecimento.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR