Moradores de Araguari questionam valor da conta de água e SAE explica mudanças

Moradores de Araguari questionam valor da conta de água e SAE explica mudanças

Contas vieram com valores diferentes do consumo (Foto: Prefeitura de Araguari/Divulgação)


Após vários questionamentos dos moradores de Araguari sobre os valores expedidos nas contas de água deste mês, a Superintendência de Água e Esgoto de Araguari (SAE) se pronunciou. Segundo o superintendente André Reis, a alteração se deve pela modernização do sistema de cobrança utilizado pela autarquia.


André informou que a SAE utilizava um sistema há mais de 20 anos para a expedição das contas de água. “Este sistema, além de se encontrar obsoleto, exigia muita intervenção manual para o perfeito funcionamento”, disse.


Ainda de acordo com ele, o que aconteceu neste mês em relação à discrepância em algumas contas de alguns consumidores, foi que o novo sistema, no início, precisa utilizar os dados advindos do sistema anterior e algumas informações eram diferentes. Devido ao problema no servidor de banco de dados, as contas de agosto foram calculadas com base nas médias.


A assessoria de imprensa da Prefeitura disse que no sistema antigo o valor cobrado em dinheiro não era compatível com a quantidade de metro cúbico de cada residência. “A partir do próximo mês, isso será regularizado com o novo sistema e pode ser o valor aumente, mas em alguns casos vai diminuir também”, esclareceu ela.


A Prefeitura também ressalta que os consumidores só devem procurar a SAE caso haja uma diferença significativa no valor da fatura. “Como toda média não reflete o consumo exato, haverá saldos e créditos que serão ajustados nas próximas contas. Asseguramos que, a partir do próximo mês, os valores cobrados estarão de acordo com o consumo real, pois tanto a leitura anterior como a atual serão feitas na nova sistemática”, concluiu André.


Curta a página do Portal Minas no Facebook