Mais de mil pessoas precisam de ajuda humanitária na Zona da Mata

Mais de mil pessoas precisam de ajuda humanitária na Zona da Mata

O distrito de Águas Férreas foi um dos mais destruído pela chuva desta semana


Água potável, colchões, alimentos e medicamentos. Estes são os principais insumos necessários para as mais de mil pessoas que foram atingidas pelas fortes chuvas que causaram estragos na Zona da Mata nos últimos dias. Mil pessoas estão desabrigadas somente em dois distritos que ficam às margens do rio Casca, sendo eles Águas Férreas, que pertence a São Pedro dos Ferros, e Vista Alegre, distrito da cidade de Rio Casca, onde praticamente todas as casas foram atingidas. 


Na madrugada desta terça-feira (5), militares do Corpo de Bombeiros resgataram 15 pessoas que estavam ilhadas nos dois distritos. Nesta manhã, 13 viaturas, 34 homens da corporação e voluntários estão trabalhando na região. 


O vereador Danilo Caldareli (PPS), de São Pedro dos Ferros, conta que por volta de 13h o rio Casca desceu da cidade de mesmo nome com muita rapidez, pegando os moradores do distrito de surpresa. "Muita gente não conseguiu sair de casa, teve pessoas em construções de três andares e que tiveram que ficar em cima do telhado. O problema foi para chegar socorro, já que o distrito ficou isolado por conta de algumas estradas que estão fechadas. Precisamos do apoio da PM de Raul Soares, que veio com botes, para fazermos alguns resgates", detalha o político.


Ao todo, Águas Férreas tem cerca de 1.350 pessoas, sendo que somente dois bairros que são mais altos não ficaram debaixo d'água. "Só o bairro Alto Vera Cruz e o que é conhecido como Pendurico que não foram atingidos. Escolas, posto de saúde, ficou tudo completamente destruído. Algumas casas foram levadas pela força da água, temos muita gente desabrigada. Mas em, Vista Alegre, que é do outro lado, são mais de 1.500 pessoas e as casas são mais baixas. A situação lá talvez tenha sido até mais grave", lamenta Caldareli. 


As doações podem ser feitas no Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3349-2400 ou no site, que pode ser acessado clicando AQUI. Confira abaixo todas as informações sobre as doações para as vítimas:


O que doar?


Alimentos não perecíveis, água mineral, materiais de limpeza e higiene
pessoal.


Onde?


Avenida Cristóvão Colombo, 683 – Funcionários.


Quando?


De segunda à sexta-feira, de 8h às 19h
No fim de semana, plantão de 10h às 15h.


Doações em espécie


O Servas também disponibiliza uma conta bancária para quem quiser fazer
doações em dinheiro:


Serviço Voluntário de Assistência Social – SERVAS
Caixa Econômica Federal
Banco: 104
Ag: 1667-5
Op: 003
CC: 4031-7
CNPJ: 17.385.840/0001-12


Toda a arrecadação será revertida em itens de necessidade básica para as vítimas das fortes chuvas nos municípios mineiros.


Curta a página do Portal Minas no Facebook