Atlético sai na frente, mas sofre virada para o Vasco com pênalti aos 53 do segundo tempo

Atlético sai na frente, mas sofre virada para o Vasco com pênalti aos 53 do segundo tempo

A estreia do Atlético no Campeonato Brasileiro 2018 encaminhava-se para ser com o pé direito de Otero, autor de um golaço aos 12 minutos primeiro tempo, mas a história mudou na etapa final. O Galo cedeu o empate para o Vasco nos minutos finais no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro. O gol de empate dos cariocas foi marcado por Wagner aos 41 e, o da virada, outro por Yago Pikachu, de pênalti, aos 53.


Agora o Atlético volta as atenções para a Copa do Brasil, torneio em que enfrenta o Ferroviário-CE nesta quarta-feira (18), às 21h45, no Estádio Castelão, em Fortaleza. As duas equipes farão o jogo de volta da quarta fase do torneio. No primeio encontro, o Galo venceu por 4 a 0 no Independência. O próximo compromisso alvinegro pelo Brasileirão é diante do Vitória, no domingo (22), às 16h, no Horto.


O Vasco entra em campo na quinta-feira (19), quando enfrenta o Racing, às 19h15, em Buenos Aires, pela terceira rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores. Já pela competição nacional, visita a Chapecoense domingo (22), às 16h, na Arena Condá, em Chapecó.


O jogo


A pressão inicial do Vasco foi perigosa, mas não surtiu efeito. Victor apareceu bem aos 8 minutos, em chute de Wellington, e, aos 10, contou com a trave após batida de Yago Pikachu. Não deu tempo para o Atlético se abalar, já que dois minutos depois a equipe alvinegra abriu o placar com um golaço de Otero. O venezuelano recebeu na intermediária e arriscou uma pancada. A bola tocou no travessão e na trave direita e entrou no ângulo.


Mas os mandantes voltaram a assustar os atleticanos. Riascos obrigou Victor a fazer excelente defesa após cabeçada aos 32. A resposta mineira veio aos 40, em finalização de Gustavo Blanco com a coxa dentro da área, aproveitando cruzamento da esquerda. A bola tocou na trave. Aos 46, Cazares arriscou e Martín Silva fez boa intervenção para impedir o segundo gol do Galo. 


Segundo tempo


O Vasco voltou em cima. No primeiro minuto, Henrique chutou e Victor precisou espalmar. Depois, foi a vez de Evander levar perigo em cobrança de falta que tocou a rede pelo lado de fora. A pressão dos cariocas continuou e, aos 40, transformou-se em bola na rede. Após cruzamento pela direita, houve bate-rebate dentro da área e a bola sobrou para Wagner, na entrada dela, mandar no canto esquerdo de Victor.


Ainda houve tempo para um castigo maior. Aos 51 minutos, Bremer cometeu pênalti em Rildo. Yago Pikachu mandou rasteiro, no canto esquerdo de Victor, que pulou para o lado oposto.


Vasco 2x1 Atlético


Vasco: Martín Silva; Rafael Galhardo (Rildo), Paulão, Werley e Henrique; Wellington (Thiago Galhardo), Desábato, Yago Picachu, Evander e Wagner; Riascos (Andrés Rios). Técnico: Zé Ricardo


Atlético: Victor; Patric, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Elias, Gustavo Blanco (Yago), Luan, Cazares (Róger Guedes) e Otero (Erik); Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi


Gols: Otero (12'/1ºT), Wagner (41'/2ºT) e Yago Pikachu (53'/2ºT)
Cartões amarelos: Henrique, Evander, Rildo e Andrés Rios (Vasco) Bremer, Fábio Santos e Yago (Atlético)


Motivo: 1ª roada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 15 de abril de 2018, domingo, às 16h
Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)


Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (CBF-GO)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (CBF-GO) e Leone Carvalho Rocha (CBF-GO)
Adicionais: Roberto Giovanny Oliveira Silva (CBF-GO) e Bruno Rezende Silva (CBF-GO)
Público: 6.349 pagantes
Renda: R$ 176.600,00