Após ser banida em Porto Alegre, Kalil cogita trazer exposição com imagens de pedofilia e erotização de crianças para BH

Após ser banida em Porto Alegre, Kalil cogita trazer exposição com imagens de pedofilia e erotização de crianças para BH

O prefeito Alexandre Kalil (PHS) deve definir nesta quarta-feira (13) se Belo Horizonte vai receber a exposição “Queermuseu – Cartografia da diferença na arte brasileira”, cancelada no Santander Cultural, em Porto Alegre, no último domingo (10). Ele trata do assunto nesta manhã em reunião com  Juca Ferreira, secretário de Cultura da capital.


Nessa terça-feira (12), Juca Ferreira revelou que a prefeitura estuda a possibilidade de BH receber a mostra, com mais de 270 obras de 85 artistas, que exploram a diversidade de gêneros.


O cancelamento da exposição pelo Santander rendeu diversas discussões na internet, algumas delas polêmicas. Ciente de que o assunto também vai gerar calorosos debates em BH, Kalil disse, no Twitter, que respeita todas as opiniões, no entanto, em caso de divergências na prefeitura, “prevalecerá sempre a opinião do prefeito”.


Curta a página do Portal Minas no Facebook